20 de jul de 2009

Reconfigurações jornalísticas via twitter


Reproduzo, por relevante, trecho do post que meu Amigo Fernando Firmino veiculou ontem, domingo, em seu blog, o Jornalismo Móvel. Tem a ver com reconfigurações, desta vez a partir do Twitter:

"O jornalismo passa por diversas discussões na atualidade no âmbito do seu modelo de negócios, da relação com a audiência, das grades curriculares dos cursos, da formação profissional. O background desta discussão decorre da emergência das tecnologias digitais, do processo de convergência e da comunicação móvel. Alguns visualizam como uma crise, outros como novas oportunidades. O importante a observar é que, de fato, há mudanças significativas na prática jornalística associadas a fenômenos emergentes impactando o modo de fazer, o modo de consumir e o modo de compartilhar notícias (nos seus diversos formatos). Qualquer que seja o ângulo identificaremos tensões no campo do jornalismo e na indústria do entretenimento.

Os microblogs, essencialmente o Twitter, têm sido um dos desencadeadores destas reconfigurações. Como o jornalismo está se adaptando e explorando estas potencialidades? Como fica a relação com a fonte quando esta lança primeiro no Twitter as informações exclusivas? É perceptível a adoção rápida desta ferramenta nos mais diversos segmentos (políticos, artistas, acadêmicos, esportistas, mídia....) e isto transforma as relações não somente entre o público, mas também com a mídia. Técnicos e dirigentes de times de futebol anunciam as informações de impacto dos seus clubes no Twitter; políticos disparam no microblog as notícias parlamentares e de votações relevantes; os usuários divulgam suas críticas positivas ou negativas de filmes e outros serviços no Twitter. Enfim, há uma infinidade de usos que transforma esta ferramenta numa poderosa rede social (e móvel) que faz circular instantaneamente um conjunto de dados que abre possibilidades de utilização inimaginável para o jornalismo, para as empresas e para os usuários. (...)"

O post completo você acessa por aqui.

1 comentários:

Fernando Firmino da Silva disse...

Amigo Demétrio, obrigado pelo link e transcrição do meu post. Ajuda a amplificar esta discussão sobre as metamorfoses do jornalismo.

Aproveito a oportunidade para parabenizar pelo novo visual do blog. Muito bom, bem organizado e com a qualidade de sempre no conteúdo. abraços e sucesso!!!