25 de jan de 2011

Em defesa dos adjetivos

Sempre tive cá com meus botões que adjetivos, via de regra, servem antes para disfarçar ausência de versatilidade narrativa que para dar cor ao texto, seja ele qual for.


O excerto abaixo, abertura da matéria "Em defesa dos adjetivos" (Piauí, edição 52), coloca uma interrogação nessa certeza já a partir da linha de apoio: "Ditadores e generais costumam dispensar tudo o que não seja verbo e substantivo".

O texto:

"Muitas vezes nos mandam cortar nossos adjetivos. O bom estilo, conforme dizem, sobrevive perfeitamente sem eles; bastariam o resistente arco dos substantivos e a flecha dinâmica e onipresente dos verbos. Contudo, um mundo sem adjetivos é triste como um hospital no domingo. A luz azul se infiltra pelas janelas frias, as lâmpadas fluorescentes emitem um murmúrio débil."

Faltou dizer que, para usar adjetivos, é preciso habilidade, capacidade de escrever.

Mas também está dito no texto de Adam Zagajewski, lá pelas tantas, que "A memória é feita de adjetivos."

Que se adjetive, então.

A quem interessar possa

Duvido que isso mude o que quer que seja, mas o fato é que estarei de férias a partir de amanhã.

E que, portanto, as coisas por estes lados vão ficar beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeem devagar.

Quase paradas, diria.

Enfim.

EGEJ e FSPJ recebem trabalhos até dia 5/3

O prazo para submissão de trabalhos aos 1º Encontro Gaúcho de Ensino de Jornalismo (1º EGEJ) e 1º Fórum Sul-brasileiro de Professores de Jornalismo (1º FSPJ) foi prorrogado para o dia 5 de março.


É simples participar: basta enviar, até essa data, resumo de 15 a 20 linhas diretamente aos coordenadores dos Grupos de Trabalhos (GTs).

(Acesso o regulamento por aqui)

São em número de seis os GTs dos 1º EGEJ e 1º FSPJ: Atividades de Extensão; Ensino de Ética e Teorias do Jornalismo; Pesquisa na Graduação; Produção Laboratorial: Impressos; Produção Laboratorial: Eletrônicos; e, finalmente, Projetos Pedagógicos e Metodologias de Pesquisa.

A participação, neles, pode ser por meio de comunicação científica, relato de experiência e pôster, esta última aberta e estudantes de graduação, desde que assinados conjuntamente com um professor-orientador.

Em os resumos sendo aprovados, os textos completos devem ser encaminhados aos coordenadores dos GTs até o dia 28 de março.

Os 1º EGEJ e 1º FSPJ, que se realizam na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) dias 8 e 9 de abril e pretendem reunir professores de jornalismo do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, terão como tema “A formação jornalística como elemento constituinte e legitimador do campo do jornalismo”.

Inscrições e demais informações podem ser obtidas pelo http://hipermidia.unisc.br/egej.

20 de jan de 2011

Vídeo sobre Talentos da Comunicação

O vídeo abaixo foi produzido e editado por Luciana Bastos, aluna do Curso de Produção em Mídia Audiovisual da Unisc, onde leciono.

Diz respeito à primeira edição do projeto de extensão Talentos da Comunicação, parceria entre o Curso de Comunicação da Unisc e o Grupo Gazeta de Comunicação, realizado ao final de 2010.

A idéia foi aproximar os alunos de jornalismo, relações públicas, publicidade e propaganda, fotografia e produção em mídia audiovisual do mercado de trabalho antes mesmo de eles concluirem suas graduações, por meio de a) observação e b) atividades práticas nos mais diferentes setores da empresa.

Onze alunos participaram dessa primeira edição, que foi coordenada, pela Unisc, por mim, enquanto que, pelo Grupo Gazeta, pelo diretor de redação, Romeu Neumann, e pela secretária de Redação, Rosilaine Romero.

7 de jan de 2011

Colóquio de Agências de Comunicação

Escrevo para dizer que o 1º Colóquio de Agências Experimentais de Comunicação, realizado dia 6, na Unisinos, em São Leopoldo (RS), foi um evento muito importante, pelos motivos que enumero abaixo:

1 Ele foi importante, em primeiro lugar, porque reuniu, pela vez primeira, mais de cem pessoas, entre coordenadores de agências de comunicação e alunos, representantes de nove universidades gaúchas - Unisc (Santa Cruz do Sul), Unisinos (São Leopoldo), Unifra (Santa Maria), UPF (Passo Fundo), Faccat (Taquara), Ulbra (Canoas), PUC (Porto Alegre), Feevale (Novo Hamburgo) e Univates (Lajeado).

2 Ato contínuo, porque, igualmente pela primeira vez aqui no Estado, se discutiu de forma tão próxima o que é feito nessa instância tão importante de nossas graduações que são as agências experimentais de comunicação.

3 Mais uma importância: além das apresentações dos alunos, os coordenadores das agências, a partir de discussões realizadas ao longo da tarde do dia 6, acordaram que o evento será anual e, que a cada edição, se realizará em uma universidade diferente, com o que chegamos ao próximo item.

4 Caberá à Unisc sediar a segunda edição do encontro, que já está marcada para 6 de janeiro de 2012: escolha disputada no voto. Mas creio que, dos sete argumentos que elencamos como razoáveis para sustentar nossa candidatura, um deles tenha prevalecido: temos, aqui, a melhor cuca do Estado; quiçá do Brasil! (rsrsrsrsrsrs)

5 Uma quinta importância diz respeito às decisões tomadas ao final do evento, que podem ser divididas em três grande grupos: imediatas (criação de uma "carta de São Leopoldo", de um site, de um concurso interagências para criação de identidade visual, entre outras) e a médio e longo prazos (posicionamento do Colóquio frente a grandes questões, tais como o Conselho de Comunicação, a aproximação com instâncias com os fóruns de PP, RP e Jornal, bem como Intercom).

Ou seja, um encontro muito, mas muito importante para todos nós que trabalhamos com formação em Comunicação, à revelia da habilitação que representemos.

Destaque, sobretudo, para os amigos e colegas Edelberto Behs e Thais Furtado, da Unisinos, que não apenas tiveram a idéia de dar corpo à iniciativa como capitanearam, junto a uma equipe tão disposta quanto competente, todo o processo. A eles, meu agradecimento pela oportunidade.

Abaixo, alguns registros:

Final dos trabalhos, na foto de Alexsandro Ramires
Pessoal da Unisc, que fez bonito na apresentação.
A foto é de Eduardo Veras
As camisetas utilizadas no Colóquio foram customizadas
pelos convidados logo na chegada. A foto é minha
Mais de cem pessoas, representando nove universidades
gaúchas. A foto, acho, é de Vanessa de Oliveira.