30 de mar de 2009

Momento diploma

Momento sala de aula

Fechamento da primeira edição do jornal Enfoque Vila Brás. da cadeira de Redação Experimental em Jornal da Unisinos, onde também leciono. Na sexta passada. O jornal fica pronto ainda nesta semana.

Momento fotografia

O "momento" aí ao lado foi registrado na manhã de sábado passado, dia 27, no estúdio da produtora Etapa, de Santa Cruz do Sul. Contextualizando: sessão de fotos para a formatura de 2009/1, da qual sou paraninfo.

26 de mar de 2009

Parceria entre Quê?/Unisc se iniciou

Moçada, a foto aí do lado é o registro da primeira reunião deste ano realizada entre os estudantes de jornalismo da Unisc e o pessoal do Caderno Quê?, suplemento jovem do jornal Gazeta do Sul, de Santa Cruz do Sul. A idéia, como tem ocorrido já há três semestres, é que os alunos resolvam sozinhos uma edição inteira do Quê?, o que lhes exige domínio de diferentes competências. Mais não posso falar, por enquanto. Na foto, portanto, da esquerda para a direita, estão: Amanda Mendonça, Guilherme Mazuí (editor do Quê?), Luana Backes, Gelson Pereira (editor-gráfico, de costas); Jansle Appel (editor do Quê?); Ana Luísa Rabuske; Lucas Baunhardt; Ana Cláudia Schuh; este que vos escreve e Danielle Rubim. Sentadas à mesa, Márcia Müller, Heloísa Poll e Lívia Maria da Luz.

O custo do diploma

Poucos de vocês têm a dimensão do custo que representou este diploma. E não é do custo financeiro - cerca de R$ 50 mil, o que me exigiu, em média, três empregos ao longo de quatro anos e uma prestação mensal de R$ 1,2 mil - que estou falando. Assim como poucos de vocês imaginam o que ele significou e significa. De qualquer sorte, aí está. Apanhei-o ontem, na Unisinos, onde titulei-me sob orientação de Antônio Fausto Neto.

Em busca dos talentos escondidos

Nestes dias de convergência e multiplicidade de plataformas, torna-se cada vez mais complicado pensar em publicar/veicular o que quer se seja sem pensar na imagem para além das fotografias, palavras e diagramação. A partir deste princípio, dois movimentos junto às universidades onde leciono - Unisc e Unisinos - estão sendo realizados para reunir os alunos que trabalham com traços. Por traços leia-se ilustrações, charges, quadrinhos, caricaturas, infográficos etc. Na Unisc, a tarefa está aos cuidados dos multitalentosos Gelson Santos e Márcia Melz, que estão organizando o banco de talentos que irá funcionar junto à Agência Experimental de Jornalismo. Na Unisinos, a chamada está sendo realizada via Agencia de Comunicação (AgexCom), a partir desta semana (foto). O fato é que a moçada das duas instituições têm desenvolvido trabalhos os mais diversos (posso citar o Unicom, a Exceção e o Enfoque Vila Brás, por exemplo, para ficar entre os que são de minha responsabilidade, mais sites e blogues) e a idéia é fazer com que estas ações ganhem ainda mais valor a partir do aporte de quem domina os traços. Vamos ver o que acontece.

Vida de paraninfo não é fácil

Vejam como vida de paraninfo não é fácil: a agenda aí debaixo foi pensada pela moçada que está se formando para a partir da madrugada deste sábado.
9 horas Todos devem estar na sede da Etapa (Avenida Independência, 1811) para a sessão de fotos no estúdio;
11 horas fotos externas (na Unisc e na AABB);
13h30min churrasco oferecido pela produtora.
Isso tudo, como disse, em um sábado. Bem cedo.

24 de mar de 2009

Eis que me fazem paraninfo

Certa vez, quando eu ensaiava meus primeiros passos como professor, lá por 2002, uma amiga que se perdeu na distância dos dias disse, ao saber que eu seria o paraninfo da turma de jornalismo daquele ano na Unisc, que não poderia haver reconhecimento maior que este em uma perspectiva acadêmica. Basicamente porque nós somos, com o perdão da obviedade, professores; assim, nada mais importante a um professor que seus alunos reconhecerem seu trabalho como tal. Escrevo isso ainda embargado pela emoção, haja vista que ontem, segunda-feira, a moçada que se forma em Jornalismo na Unisc este ano convidou-me para ser paraninfo da turma 2009/1. Isso em plena aula, como mostra a foto deste post, "tirada", me informa a Rose, pela Rozana Elwanger. Torno público este registro porque amo a moçada retratada aí na foto, e os que não puderam estar no retrato. Por tudo o que eles têm sido e, com certeza, ainda serão; mas também pelo que eles têm me ensinado ao longo destes dias todos. A todos eles, então, meu muito obrigado. À medida que surgirem notícias da formatura vou repassando. Abraço a todos.

19 de mar de 2009

Ainda sobre o Fiúza

O Guilherme Fiúza, by Época e Meu nome não é Johny, esteve na Unisc no início da semana - segunda-feira - para a abertura dos trabalhos letivos neste primeiro semestre de 2009. Apanhei o rapaz no aeroporto por volta da meia-noite e, às 2 horas da madrugada, estávamos em Santa Cruz do Sul. Às 3h30 Pedro teve febre e às 8 horas eu precisei estar animado para a aula de Introdução à Comunicação. Meus alunos são uns santos, pois seguraram a onda.
Mas, voltando ao Fiúza, foi bem bacana a estada do moço. À tarde, oficina com a moçada que se ligou e conseguiu inscrição. À noite, palestra. Auditório lotado. Pena que a moçada ainda não tenha entendido que também se aprende a preguntar; e que é preciso, portando, exercitar também esta técnica. Mas este é outro papo.

18 de mar de 2009

Quiase parando

A coisa anda devagar por estes lados, eu sei. Na seqüência eu posto.

11 de mar de 2009

Especialização em Assessoria em Comunicação Política

Prestem atenção neste post, pessoal: "O Departamento de Comunicação da Universidade de Santa Cruz do Sul está oferecendo a especialização em Assessoria em Comunicação Política, que se inicia em abril de 2009.
A especialização visa capacitar profissionais da área de Comunicação e afins para atuarem na comunicação política, em câmaras de vereadores, assembléias legislativas, governos federal, estaduais e municipais, editoria de política das redações dos veículos de comunicação, agências de publicidade e marketing que trabalham com política ou setor público, e é única no Rio Grande do Sul.
Conta com professores de diversas universidades gaúchas com experiência na comunicação política, com titulação de mestres ou doutores e com pesquisa em comunicação política.
O curso tem duração de dois anos, com aulas presenciais, quinzenais, às sexta-feiras e sábados, no campus de Santa Cruz do Sul.
As inscrições vão até o dia 22 de março. No link, mais informações sobre inscrições, valores, docentes e disciplinas".

Quase parando

Sim, eu sei, as coisas andam devagar neste blog. Basicamente muito trabalho. E o Twitter, que tem roubado um tanto de minha atenção. Mas vamos levando.

9 de mar de 2009

Pra começo de conversa

Pedro mama e a semana promete ser boa. Vamos a ela, pois.

7 de mar de 2009

Eis que a criatura dormiu

Havia séculos eu não dormia tanto: duas loooooooooooooooooooooongas horas de sono.

6 de mar de 2009

Estou com 94,9 quilos!

A quem interessar possa: meu peso, neste glorioso dia, é 94,9 quilos. Tipo assim: em 15 de janeiro, eram 102,89 quilos. A cintura, que estava em 108, baixou para 102. A meta é chaegar ao dia 27 de março com 90 quilos, ou perto. O segredo? Reeducação alimentar. Quem está me ajudando, e muito, é a nutricionista Viviane Spacil, aqui de Santa Cruz mesmo.

5 de mar de 2009

Fiúza estará na Unisc


Para quem estiver passando por Santa Cruz do Sul dia 16, segunda, haverá uma palestra (com oficina à tarde) com o jornalista Guilherme Fiúza. Os dados estão no cartaz.

3 de mar de 2009

Filharada

1 de mar de 2009

Tadinho do Pedrinho

Coisa chata isso: o Pedro está com febre desde ontem. É que os dentes estão chegando e para as crianças isso representa um sofrimento sem conta. Esta noite, por exemplo, foi um baile. Mas estamos cuidando, Fabi - a mãe mais zeloza do mundo - e eu, para que ele não sofra demais. Ninguém merece tanto sofrimento aos sete meses.