16 de jan de 2010

A primeira (grande) queda de Pedro

Pedro ontem nos deu o primeiro grande susto: caiu e cortou o queixo. Na garagem aqui de casa.

Nada que um curativo sem necessidade de pontos no pronto-socorro não resolvesse, mas o suficiente para deixar a Fabi e a Verônica em pânico.

E quanto a mim? Bem, estava no cinema naquele momento.

Como deixei meu celular no silencioso, não notei absolutamente nada de anormal. Não antes de o filme se encerrar.

O fato é que havia seis ligações não atendidas, de casa e do celular da Fabi.

Quando Verônica contou o que houve com seu irmão, liguei para a Fabi para saber onde estavam e voei para o hospital.

Encontrei ela e Pedro saindo da emergência. Ele rindo, com um curativo no queixo; ela, com os olhos arregalados.

Tudo certo, então.

Em tempo: estava assistindo Atividade paranormal.

1 comentários:

ana b. disse...

oi chato (só porque tu pediu). em primeiro lugar, um chato generoso é tudo de bom, pois tem a atitude louvável de compartilhar o que sabe, admiro isso. em segundo, obrigada, não tinha percebido que o tamanho tava extrapolando e tampouco saberia resolver o problema

agora... me conta como tu sabe que eu te fiz visita... tu agradeceu "a visita" no blog, mas me diz como soube? tu tem um sistema que ter permite isso? teu blog já tá nos meus favoritos há tempos, já tô te seguindo tbm. mas como tu sabe que eu visitei a última postagem? me ensina???

adorei a narrativa da grande (pequena) queda do pedro. é mais ou menos como primeiro dia de escola, vira história pra contar durante um bom tempo, né?

a próxima aula da pós é contigo... em fevereiro. até lá!