1 de jan de 2010

Páginas ampliadas: primeira leitura

Páginas ampliadas: o livro-reportagem como extensão do jornalismo e da literatura (Manole, 2009) é leitura necessária, por relevante, para os que, como eu, interessam-se pela aproximação jornalismo/literatura.

Estou, neste primeiro dia do ano da graça de 2010, na página 205, e reitero a importância do texto, em especial pelo cruzamento teórico que Edvaldo Pereira Lima, o autor, realiza para dar conta do tema: o imbricamento entre as teorias Geral dos Sistemas, nos moldes de Ludwig von Bertalanffy, e do Jornalismo.

Destaco a aproximação, sem me referir (ainda) ao conteúdo do livro, porque fiz, há pouco, algo parecido em minha tese.

O que incomoda um pouco, mesmo considerando que o livro é a adaptação da tese de doutorado do autor, em 1990, na ECA/USP, o que implica em ajustes os mais diversos, é que, até aqui, não há uma linha sequer sobre Niklas Luhmann.

Mas é cedo ainda. Voltarei a comentar o livro com mais propriedade e para além de meu umbigo quando tiver concluído a leitura. Por hora fica este registro.

0 comentários: