18 de out de 2009

Como não se faz uma legenda

Quer saber como não se faz uma legenda?

Dê uma espiada no retrato principal da página 24 de Zero Hora deste domingo.


A foto (dá um clique nela que você enxerga melhor) da página mostra, claramente,

a) uma mulher caminhando no meio da rua

b) mendigos na calçada

e, finalmente,

c) pichações políticas no muro (só a palavra golpista está escrita duas vezes, de onde se infere que o assunto é política).

O que diz a legenda?

Ipsis literis: "Mulher caminha pelo meio da rua enquanto pedintes ficam na calçada, à frente de pichações políticas".

Ou seja, seu burro, caso você não tenha notado, trata-se de uma mulher caminhando no meio da rua enquanto pessoas pedem esmola na calçada, à frente de um muro onde existem pichações políticas.

7 comentários:

Lua Rodrigues disse...

Hahahaha. Sem comentários.

Deniac disse...

hahahahahaha

Bruno Alencastro disse...

Essa é uma foto da AP, de agência... Geralmente, as fotos de agência vêm com uma legenda bem genérica - quase auto-explicativa - para contextualizar a cena para públicos bastante heterogêneos que, possivelmente, recebem essas fotos.

Até aí tudo bem. O que não dá para aceitar é que role um CTRL C + CTRL V na hora de publicar - aí acontece bizarrices como essa...

Muito legal teres retirado essa imagem + texto do fluxo do jornal e trazer para o Blog para pautar a discussão... por vezes a gente nem se dá conta olhando na correria... fora do fluxo fica mais fácil!

Tatiane Lawisch disse...

Baita exercício, professor! adorei! hehehe

Pedro Garcia disse...

Boa.
Mas acredite: há casos piores.

O prof. Alexandre Borges contou em aula de um jornal de interior que certa vez publicou texto sobre um episódio em que uma vaca invadiu e destruiu uma casa.

Pois bem. Havia a fotografia do rosto da vaca (tipo 3x4), e a legenda era assim: "Na foto, a vaca".

Hahahaha.

Luh disse...

Pensei que fosse propaganda de silicone.

Márcia Melz disse...

hahahahahahahahahahhahaha 1:
post do blog.

hahahahahahahahahahhahaha 2:
comentário do pRedo.