24 de abr de 2009

Tese sobre midiatização na Unisc

Pessoal, O Departamento de Comunicação Social da Unisc, onde também leciono, está retomando o projeto Diálogos da Comunicação. A primeira apresentação do semestre ficará por minha conta, quando apresentaarei a síntese de minha tese de doutorado intitulada "O jornalismo em novos territórios conceituais: internet, midiatização e a reconfiguração dos sentidos midiáticos". Neste trabalho, examino as transformações que estão ocorrendo no âmbito do jornalismo a partir de sua imbricação com outros sistemas.

A pesquisa busca observar o que representam, ao jornalismo, estes novos territórios conceituais por meio de uma reflexão teórica do fenômeno da midiatização, bem como pelo estudo empírico de dois acontecimentos - o "Escândalo da Arbitragem" e o "Acidente da Gol".

A questão está estruturada em três movimentos: o desenvolvimento do cenário em que a midiatização se estabelece, a complexificação deste cenário e, finalmente, a processualidade da midiatização.

Na pesquisa, parto do pressuposto de que os dispositivos jornalístico-comunicacionais, - jornais e as revistas impressos, o rádio e a televisão, e, mais recentemente, os webjornais e os blogs de natureza jornalística -, não são apenas vetores de midiatização.

Ao possibilitar que se instaure, por meio de suas operações, que são de natureza tecnológica, mas também sócio-discursivas, uma nova ambientação na sociedade, e, nela, no jornalismo, acabam sendo afetados pela processualidade da midiatização, midiatizando-se. Complexificam-se, assim, formas e processos desenvolvidos ao longo de pelo menos 300 anos de evolução, o que requer novas gramáticas interpretativas.

O encontro ocorre dia 07 de maio, às 14h30min, na sala 1507 da Unisc. Estão todos convidados.

1 comentários:

Ricardo Machado disse...

Grande Demétrio!

Lá vai minha parabenizações atrasadas pelo doutorado. Infelizmente não poderei ir à Unisc para ver sua palestra sobre seu estudo, mas fica minha lembrança.

Sucesso sempre cara!