12 de jun de 2010

Sobre os dias que estão por vir

Escrevo para dizer que este blog dará um tempo pelo espaço de uma semana, a contar deste domingo, quando pego a estrada em direção a Florianópolis.

Semana que exigirá sobretudo resistência, artigo sempre necessário aos que, como eu, são professores e insistem em sobreviver aos sucessivos finais de semestre de nossa vida.

Dos dias que estão por vir, destaco a terça, 15, por dois motivos:

1 É quando o Brasil estréia na Copa.

2 Dia de meu 43º (!) aniversário.

Sobre o Brasil, não há muito o que ser dito que não torcer.

Já as demonstrações de carinho, afeto e parceria guardo desde já em meu coração, caso da que a moçada da Unisc, sabendo que eu estaria on the road, realizou às 18h30 de sexta-feira, 11, literalmente de surpresa (fui preparado para uma reunião na reitoria!).

A foto aí debaixo, da Sulimar Fogaça, registra o momento:


Valeu, gente!

8 comentários:

monitorando disse...

Nada como ser bem amado, não é mesmo?
Torço por vc, canalha!!!
Toda a sorte!

Demétrio de Azeredo Soster disse...

É nóis na finta, mano!!!!

Vanessa Kannenberg disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vanessa Kannenberg disse...

Cheguei atrasada... eu e meu abacate. Por motivo, se não satisfatório, ao menos da vida - trabalho.

Recebeste a mensagem, professor?

Paola Severo disse...

Feliz Aniversário com uma mega atraso, mas tudo bem!
Valeu a pena só pela cara de louco do Renan na foto, e também por ouvir dizer (um passarinho verde me contou) que o Prof chegou a ficar emocionado com o cartão! OÓ que meigo!

;)

Demétrio de Azeredo Soster disse...

Vanessa: recebi seu recado, sim. E claro que senti sua falta (e do abacate) nos festejos, mas seus motivos são pra lá de compreensíveis. Grande bejo procê, menina. Paola: e como não me emocionar com palavras tão bonitas? Valeu! (De Floripa, D.)

márcia melz disse...

todo mundo querendo garantir nota pro próximo semestre! =P

em pensamento, te dou um pirulito de presente!
abraço forte, profe!

Demétrio de Azeredo Soster disse...

Brigadu, Belz! Baccio!